A Revolução Portuguesa é a nossa revolução

O revisionismo histórico da direita, que vive em estável crescimento desde 25 de Novembro de 1975, há já largos anos que alcançou uma dimensão que roça o ridículo. Historiadores burgueses esforçam-se por branquear o Estado Novo e travestir o colonialismo desavergonhadamente, por apresentar todas as conquistas dos trabalhadores como obra de um punhado de militares heróicos e retratar o PREC como um período de desordem e excessos de um povo naturalmente brando que se deixou levar pela retórica inflamada dos “esquerdistas”. Mas, acima de tudo, estes ideólogos da classe dominante, capazes de cometer qualquer crime por menos de 30 moedas de prata, separam as Revoluções Africanas da Revolução Portuguesa.

Nós, trabalhadores negros, não esquecemos:

Foi nas matas da Guiné-Bissau, de Angola e de Moçambique que o fascismo sofreu os mais determinantes golpes e humilhações, e o processo que começou a 25 de Abril de 1974 não foi mais do que o culminar de uma luta internacional que travámos lado-a-lado com todos os explorados de Portugal que, tal como nós, há muito resistiam ao fascismo com todos os meios de que dispunham.

Sim, a Revolução Portuguesa é a irmã das Revoluções Africanas e é também a nossa revolução! E hoje, quando nacionalismos bacocos germinam sob a ignorância e semeiam a desunião de classe, é urgente que o recordemos aos trabalhadores portugueses. Porque a memória é mais um campo de batalha onde as classes se digladiam, porque resta muito por fazer.

Anúncios

One thought on “A Revolução Portuguesa é a nossa revolução

  1. Na África do Sul, por exemplo, os trabalhadores entoam a palavra de ordem “a luta continua” sem saberem português. Pouco se sabe sobre as influências culturais e de luta entre os trabalhadores portugueses e dos vários países africanos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s